Polícia

Dono de sítio é autuado por derrubada de árvores para exploração de madeira

Um proprietário rural foi multado em R$ 4,3 mil por derrubada de árvores para exploração de madeira e apreende 14,5 m³ de madeira ilegal em Brasilândia, cidade a 382 quilômetros de Campo Grande. A Polícia Militar Ambiental) de Três Lagoas recebeu denúncias de exploração de madeira ilegalmente em um sítio localizado a 8 km da […]

Diego Alves Publicado em 27/08/2020, às 22h27

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA - Divulgação, PMA

Um proprietário rural foi multado em R$ 4,3 mil por derrubada de árvores para exploração de madeira e apreende 14,5 m³ de madeira ilegal em Brasilândia, cidade a 382 quilômetros de Campo Grande.

A Polícia Militar Ambiental) de Três Lagoas recebeu denúncias de exploração de madeira ilegalmente em um sítio localizado a 8 km da cidade, nas proximidades do assentamento João André. A equipe foi ao local ontem (26) e localizou a área de exploração denunciada.

No local havia diversas árvores de grande derrubadas recentemente das espécies angico e faveiro e as toras de madeira retiradas estavam sendo transformadas em estacas para cerca. Entre toras e estacas foram apreendidos 14,52 m³ de madeira explorada ilegalmente.

O proprietário do sítio não possuía a licença ambiental para a exploração da madeira. O infrator (68), residente no sítio, responderá pelo crime ambiental de exploração ilegal de madeira, com pena de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 4.356,00 pelas infrações.

Jornal Midiamax