Polícia

Corpo de mulher é encontrado enterrado de cabeça para baixo nos fundos de casa abandonada

Corpo de uma mulher ainda não identificada foi encontrado enterrado de cabeça para baixo na noite desta quarta-feira (22) aos fundos de uma casa abandonada em Chapadão do Sul, cidade a 335 quilômetros de Campo Grande. Segundo as primeiras informações, uma pessoa já foi detida para prestar esclarecimentos. Após denúncia anônima, a Polícia Militar até […]

Diego Alves Publicado em 22/01/2020, às 22h37 - Atualizado em 23/01/2020, às 07h32

A Polícia Civil já tem uma suspeita de que seja a vítima (Foto: O Correio News)
A Polícia Civil já tem uma suspeita de que seja a vítima (Foto: O Correio News) - A Polícia Civil já tem uma suspeita de que seja a vítima (Foto: O Correio News)

Corpo de uma mulher ainda não identificada foi encontrado enterrado de cabeça para baixo na noite desta quarta-feira (22) aos fundos de uma casa abandonada em Chapadão do Sul, cidade a 335 quilômetros de Campo Grande.

Segundo as primeiras informações, uma pessoa já foi detida para prestar esclarecimentos. Após denúncia anônima, a Polícia Militar até a casa localizada na Rua das Perdizes, no Loteamento Esplanada.

Ao constatar a veracidade dos fatos, a PM contatou o delegado de polícia, que foi ao local e acionou a Perícia, para que o corpo fosse desenterrado e investigado a causa da morte. Segundo a polícia, a pessoa que fez a denúncia disse onde o corpo estava e deu detalhes como foi enterrado.

Aos fundos da casa existe um pequeno espaço, onde os autores, ou autor, cavou e enterrou o corpo em volta de um lençol. Posteriormente, foi colocado uma “carriola” sobre o local para dificultar a visão da terra remexida, publicou o site O Correios News.

O corpo estava enterrado de cabeça para baixo no buraco que não foi grande o suficiente, já que as chuvas cederam a terra e parte das pernas ficaram expostas. O local é uma casa afastada, a uns 10 metros da rua. Mesmo abandonada, ainda há moveis em seu interior.

A Polícia Civil já tem uma suspeita de quem seja a vítima, já que há casos de pessoas com registro de desaparecimento recente.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias