Polícia

Corda foi encontrada próximo a corpo encontrado no Céuzinho, mas polícia descarta suicídio

Uma corda foi encontrada próximo ao corpo de um homem de aproximadamente 50 anos, ainda não identificado, encontrado morto na região da cachoeira do Céuzinho em Campo Grande, na tarde deste domingo (31). Mesmo com a corda, não havia sinais de suicídio, de acordo com a polícia. A Polícia Civil acredita que tenha sido agredido […]

Diego Alves Publicado em 31/05/2020, às 20h19 - Atualizado em 01/06/2020, às 13h17

Perícia na região do Céuzinho (Foto: Diego Alves)
Perícia na região do Céuzinho (Foto: Diego Alves) - Perícia na região do Céuzinho (Foto: Diego Alves)

Uma corda foi encontrada próximo ao corpo de um homem de aproximadamente 50 anos, ainda não identificado, encontrado morto na região da cachoeira do Céuzinho em Campo Grande, na tarde deste domingo (31).

Mesmo com a corda, não havia sinais de suicídio, de acordo com a polícia. A Polícia Civil acredita que tenha sido agredido com pedrada ou paulada. Foi descartada possibilidade de disparo de arma de fogo por conta de características da lesão, como o tamanho de aproximadamente quatro centímetros.

O delegado Antônio Souza Ribas Júnior, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, informou que é possível que a vítima fosse um usuário de drogas, pois portava cachimbo e dois isqueiros. O ferimento foi causado na nuca, do lado esquerdo, e provocou afundamento do crânio. Ainda não há informações sobre autoria e motivação.

Segundo informações da perícia, a vítima estava em uma pedra e aparentava ter sido morta há pouco tempo, cerca de duas horas antes de ter sido achada por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Além disso, não foi encontrado documentos no local. O corpo foi encaminhado ao Imol (Instituto Médico Legal) para ser submetido a exame para identificar as causas da morte e descobrir a identidade da vítima.

Jornal Midiamax