Polícia

Bilhetes foram encontrados com pertences de homem morto no Inferninho

Em cima de uma pedra, vários pertences de Emílio Cândido Ramos Junior, de 34 anos, foram apreendidos na manhã desta quarta-feira (2). Emílio foi encontrado morto na Cachoeira do Inferninho, 30 metros abaixo de onde os objetos estavam. Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, há suspeita de que seja um caso de suicídio. Como […]

Renata Portela Publicado em 02/09/2020, às 13h54 - Atualizado às 22h57

Foto: Henrique Arakaki, Midiamax
Foto: Henrique Arakaki, Midiamax - Foto: Henrique Arakaki, Midiamax

Em cima de uma pedra, vários pertences de Emílio Cândido Ramos Junior, de 34 anos, foram apreendidos na manhã desta quarta-feira (2). Emílio foi encontrado morto na Cachoeira do Inferninho, 30 metros abaixo de onde os objetos estavam.

Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, há suspeita de que seja um caso de suicídio. Como Emílio teria caído da altura de 30 metros e a água estava rasa e em meio a pedras, ele tinha várias fraturas e ferimentos. Ainda na parte de cima, na entrada da cachoeira, pertences de Emílio foram encontrados, possivelmente de onde ele caiu.

Assim, foram apreendidos uma carteira com documentos, além de uma anotação com o e-mail pessoal e a senha. Também havia anotações com vários telefones celulares e um endereço anotado. Além disso, foram encontrados uma carteira de cigarros, um chaveiro, um abridor, uma máscara, um isqueiro, uma garrafa vazia de cerveja e um celular.

Até o momento o caso é tratado como morte a esclarecer e será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax