Polícia

Suspeitos da execução de jovem que fazia mudança se apresentam

restam depoimento na tarde desta segunda-feira, ao SIG (Setor de Investigações Gerais) na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Dourados, dois rapazes, um deles adolescente, suspeitos do homicídio de Lucas Alisson Nunes Souza, de 20 anos, ocorrido na noite do último dia 4. De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, responsável pelo inquérito, a dupla […]

Renan Nucci Publicado em 10/06/2019, às 19h10

Foto: Sidnei Bronka
Foto: Sidnei Bronka - Foto: Sidnei Bronka

restam depoimento na tarde desta segunda-feira, ao SIG (Setor de Investigações Gerais) na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Dourados, dois rapazes, um deles adolescente, suspeitos do homicídio de Lucas Alisson Nunes Souza, de 20 anos, ocorrido na noite do último dia 4.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, responsável pelo inquérito, a dupla admite o crime, mas alega que agiu porque vinha sendo ameaçada pela vítima. No entanto, o motivo das ameaças ainda não foi revelado. Eles fizeram um acordo e, por enquanto, respondem pelo crime em liberdade.

Conforme noticiado, Lucas foi assassinado com um tiro na costa na frente de uma casa localizada na Rua Deolinda Rosa da Conceição na Vila. Ele ajudava em uma mudança, quando dois Dupla fez acordo com a polícia e por enquanto responde em liberdade. Um  dos ocupantes efetuou um único disparo de arma de fogo, que atingiu as costas de Lucas e transfixou no peito.

Ferido, Lucas tentou ainda correu para os fundos da casa, porém morreu na varanda da residência.homens passaram em uma motocicleta. Um dos ocupantes efetuou um único disparo de arma de fogo, que atingiu as costas de Lucas e transfixou no peito. Ferido, Lucas tentou ainda correu para os fundos da casa, porém morreu na varanda da residência.

Jornal Midiamax