Polícia

Serraria é multada em R$ 11,5 mil por armazenar madeira nativa sem documentação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou em R$ 11,5 mil nesta terça-feira, em Nova Alvorada do Sul, a 116 quilômetros de Campo Grande, uma serraria que armazenava madeira nativa sem documentação legal. No local foram encontrados 38,4 metros cúbicos de aroeira, piúva, angico e cumbaru em toras, vigas, tábuas, esteios e pranchões. No entanto, ao […]

Renan Nucci Publicado em 30/04/2019, às 18h09 - Atualizado às 18h12

Foto: Divulgação/PMA
Foto: Divulgação/PMA - Foto: Divulgação/PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou em R$ 11,5 mil nesta terça-feira, em Nova Alvorada do Sul, a 116 quilômetros de Campo Grande, uma serraria que armazenava madeira nativa sem documentação legal. No local foram encontrados 38,4 metros cúbicos de aroeira, piúva, angico e cumbaru em toras, vigas, tábuas, esteios e pranchões.

No entanto, ao verificar a legalidade da mercadoria, os policiais constataram não haver DOF (Documento de Origem Florestal), que é necessário para manter em depósito  produto florestal. A madeira foi apreendida e, além da multa, os responsáveis também podem responder por crime ambiental com pena de seis meses a um ano de detenção.

Jornal Midiamax