Polícia

Presos tentam fugir da Máxima e são flagrados por câmeras

Cinco presos foram flagrados por câmeras de segurança do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, quando tentavam fugir na madrugada desta sexta-feira (2) da unidade. Após a tentativa de fuga, eles foram levados para a delegacia de polícia e em seguida, transferidos para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Conforme as informações do registro […]

Dayene Paz Publicado em 02/08/2019, às 17h06 - Atualizado às 17h16

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

Cinco presos foram flagrados por câmeras de segurança do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, quando tentavam fugir na madrugada desta sexta-feira (2) da unidade. Após a tentativa de fuga, eles foram levados para a delegacia de polícia e em seguida, transferidos para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Conforme as informações do registro da ocorrência, feito na 3ª Delegacia de Polícia Civil da Capital, um agente penitenciário percebeu movimentação de alguns internos pelas câmeras de monitoramento. Cinco deles foram visualizados fora da cela, cortando o alambrado do pavilhão II-A, momento em que os agentes acionaram o alarme.

Foi realizada ronda na área externa da unidade, quando os agentes constataram que o alambrado estava cortado. Eles também encontraram uma corda artesanal, conhecida como Tereza e ganchos de madeira jogados no chão. Os presos fugiram da cela 10, que estava serrada, conforme o boletim.

Os agentes conferiram os presos e descobriram que Jardel Angelo Wink Soligo, preso na cela 20 do pavilhão II-A, havia trocado cela com Emerson Silveira de Souza, que estava alojado na cela 10. Após o ocorrido, os presos foram retirados da cela que foi serrada, momento em que passaram por revista. Eles resistiram no momento de serem encaminhados para outra cela e foi necessário, conforme as informações do boletim de ocorrência, o uso da força moderada.

Os presos foram identificados como Jardel Angelo Wink Soligo, 35 anos, Jose Vidal Silva, 56, Nicolas Kelvin Soares Montalvao, 20 anos, Osmar Junior Oliveira de Jesus, 26, e Reinaldo Clemente da Silva de 37 anos. A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que os autores foram levados para a delegacia em Campo Grande e depois, transferidos para Dourados. A cela já passou pelos reparos necessários.

Jornal Midiamax