Polícia

Preso em MS suspeito de integrar quadrilha que desviava carros de luxo

A Polícia Civil de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, prendeu nesta segunda-feira um homem de 41 anos suspeito de integrar quadrilha que desviava veículos de luxo em Mato Grosso do Sul. A prisão ocorreu no Detran (Departamento Estadual de Trânsito), no momento em que ele tentava fazer a transferência fraudulenta de um […]

Renan Nucci Publicado em 29/07/2019, às 16h41 - Atualizado em 30/07/2019, às 08h59

Veículo foi recuperado pela Polícia Civil. Foto: Divulgação
Veículo foi recuperado pela Polícia Civil. Foto: Divulgação - Veículo foi recuperado pela Polícia Civil. Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, prendeu nesta segunda-feira um homem de 41 anos suspeito de integrar quadrilha que desviava veículos de luxo em Mato Grosso do Sul. A prisão ocorreu no Detran (Departamento Estadual de Trânsito), no momento em que ele tentava fazer a transferência fraudulenta de um Toyota Corolla, que pertence a uma locadora da cidade de Guarulhos (SP).

De acordo com o delegado Alexandro Mendes de Araújo, o suspeito já vinha sendo monitorado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais). No último dia 13, ele falsificou o CRV (Certificado de Registro de Veículos) em Goiás e veio para o estado tentar fazer a transferência.

“O preso integra uma associação criminosa especializada no desvio de carros de luxo. Ao ser abordado dentro da agência do Detran de Costa Rica, inicialmente o acusado disse ter comprado o veículo por R$ 80 mil, em um feirão de Goiânia. Depois afirmou ter sido contratado por uma quadrilha para fazer a transferência”, disse o delegado.

Segundo o estelionatário, um segundo envolvido que não teve o nome revelado, estava em Costa Rica para transferir um Jeep Compass, para o nome dele. Esse veículo foi locado em Brasília (DF), em 1º de julho e também teve o CRV falsificado. O preso responde por estelionato, falsificação de documento particular, uso de documento falso, furto qualificado pelo abuso de confiança, ou mediante fraude e associação criminosa.

“O veículo Corolla foi apreendido e será restituído à locadora de Guarulhos. Os policiais continuam as diligências para localizar e prender o segundo envolvido no golpe da locação, bem como recuperar o Jeep Compass. Quem tiver informações que levem ao carro, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Costa Rica”, destacou Alexandro.

Jornal Midiamax