Polícia

Polícia usa retroescavadeira para desenterrar 3,5 toneladas maconha em sítio na fronteira

Com a ajuda de uma retroescavadeira, policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) apreenderam na tarde deste domingo (15)  três toneladas e meia de maconha que estavam enterradas em um sitio na zona rural de Amambai. Os agentes que participam da Operação Hórus chegaram até o local depois de uma denúncia anônima. Na localidade […]

Marcos Morandi Publicado em 16/12/2019, às 07h07 - Atualizado às 07h10

A droga foi localizada em um sítio. (Foto: Divulgação)
A droga foi localizada em um sítio. (Foto: Divulgação) - A droga foi localizada em um sítio. (Foto: Divulgação)

Com a ajuda de uma retroescavadeira, policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) apreenderam na tarde deste domingo (15)  três toneladas e meia de maconha que estavam enterradas em um sitio na zona rural de Amambai. Os agentes que participam da Operação Hórus chegaram até o local depois de uma denúncia anônima.

Na localidade conhecida como Vila Santo Antônio, os agentes foram até o lugar  indicado na denúncia onde encontraram uma pessoa que  confirmou a presença da droga nos fundos da propriedade rural e que a mesma era de propriedade do irmão dele. Com a ajuda de ferramentas os policiais encontraram a droga, mas devido à grande quantidade foi necessária a utilização de uma máquina cedida pela prefeitura de Amambai.

Depois de algumas horas de trabalho foram desenterrados dezenas de fardos com maconha que foram transportados em um caminhão baú até a Defron (Delegacia Especializada em Crimes de Fronteira), onde o entorpecente foi pesado.O homem foi autuado em flagrante e agora as investigações continuam na tentativa de se descobrir se ele agia sozinho ou se realmente a droga tinha sido enterrada no local pelo irmão dele.

Os policiais acreditam que a droga foi trazida do Paraguai e deixada no local até que os traficantes entendessem qual seria o melhor momento para que o entorpecente fosse mandado para outras cidades e até para outros estados.

Jornal Midiamax