Polícia

PMA prende pescador e aplica multa de quase R$ 3 mil por pesca ilegal

A PMA (Policia Militar Ambiental) de Corumbá prendeu na última sexta-feira (13) um homem de 30 anos por pesca ilegal. A fiscalização, que ocorreu no rio Paraguai, flagrou o homem capturando e abatendo exemplares de dourado, o que ilegal em MS. O infrator foi avistado pescando embarcado em uma lancha, no momento em que fisgara […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 14/09/2019, às 18h00

Foto: Divulgação | PMA
Foto: Divulgação | PMA - Foto: Divulgação | PMA

A PMA (Policia Militar Ambiental) de Corumbá prendeu na última sexta-feira (13) um homem de 30 anos por pesca ilegal. A fiscalização, que ocorreu no rio Paraguai, flagrou o homem capturando e abatendo exemplares de dourado, o que ilegal em MS.

O infrator foi avistado pescando embarcado em uma lancha, no momento em que fisgara um peixe da espécie dourado e, ao avistar a fiscalização, retirou o pescado do anzol e soltou. Porém, em fiscalização na embarcação, os Policiais encontraram seis exemplares de dourado mortos, pesando 22 kg, que o infrator já havia capturado.

O pescado, a lancha, um motor e uma carretilha com vara utilizada na pescaria ilegal foram apreendidos. O infrator, residente Corumbá, recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante na delegacia de Polícia Federal da cidade, por crime ambiental de pesca predatória.

A pena para o crime de pesca ilegal é de um a três anos de detenção. O infrator também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2,9 mil. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Jornal Midiamax