Polícia

Paciente tenta usar plano de saúde do irmão e acaba preso no hospital

Na manhã do último sábado (1º), um paciente foi detido em flagrante na Santa Casa de Campo Grande por usar documentos de outra pessoa. Ele disse que sentia muitas dores e, como não tinha plano de saúde, usou o documento do irmão. De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto […]

Renata Portela Publicado em 03/06/2019, às 09h50 - Atualizado às 16h22

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Na manhã do último sábado (1º), um paciente foi detido em flagrante na Santa Casa de Campo Grande por usar documentos de outra pessoa. Ele disse que sentia muitas dores e, como não tinha plano de saúde, usou o documento do irmão.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, o paciente deu entrada na madrugada de sábado, por volta das 3 horas, alegando que sentia muitas dores. Não foi informado pela polícia, hospital ou suspeito o local em que ele sentia as dores.

Segundo uma funcionária da Santa Casa, o paciente passou por tomografia e poderia ser submetido a uma cirurgia, quando foi descoberto que usava documentos em nome de outra pessoa. Ele acabou confirmando que estava com os documentos de seu irmão e que só fez isso porque estava com muita dor e não tinha plano de saúde.

Preso em flagrante, o paciente ficou sob escolta policial no hospital e nesta segunda-feira (3) deve passar por audiência de custódia. Ele responderá criminalmente por falsidade ideológica, se o documento é público.

Jornal Midiamax