Polícia

Mulheres que usavam crianças para disfarçarem tráfico são presas após acidente

Na tarde de terça-feira (17), três mulheres foram presas e uma apreendida por tráfico de drogas na região de Tacuru, cidade distante 416 quilômetros de Campo Grande. A contratante era quem fazia serviço de batedora na estrada e estava com os filhos, duas crianças, no carro. A prisão foi feita pelo DOF (Departamento de Operações […]

Renata Portela Publicado em 18/12/2019, às 08h39 - Atualizado às 12h01

Carro com a droga colidiu no batedor (Foto: DOF)
Carro com a droga colidiu no batedor (Foto: DOF) - Carro com a droga colidiu no batedor (Foto: DOF)

Na tarde de terça-feira (17), três mulheres foram presas e uma apreendida por tráfico de drogas na região de Tacuru, cidade distante 416 quilômetros de Campo Grande. A contratante era quem fazia serviço de batedora na estrada e estava com os filhos, duas crianças, no carro.

A prisão foi feita pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) após a motorista do Jeep Renegade que levava a droga não parar na abordagem. Os policiais estavam na MS-295 quando deram ordem de parada ao Jeep, mas a motorista iniciou fuga em alta velocidade e acabou colidindo na traseira do Renault Sandero.

Com o impacto, o Sandero saiu da pista. O Jeep era conduzido por uma mulher de 28 anos e tinha outra de 19 anos como passageira. Já o Sandero era conduzido pela mulher de 25 anos, mãe das duas crianças que estavam no carro e não tiveram idades reveladas e também tinha uma adolescente de 17 anos como passageira.

Mulheres que usavam crianças para disfarçarem tráfico são presas após acidente
O Sandero saiu da pista com a batida (Foto: DOF)

Aos policiais, chamou a atenção o fato de serem apenas mulheres nos veículos. A suspeita é que tenham tentado despistar as equipes. As crianças foram levadas ao hospital, onde receberam atendimento médico e foram atendidas também pelo Conselho Tutelar. Foi confirmado que a motorista do Sandero contratou as outras mulheres para traficarem.

Ela fazia serviço de batedora e levaria os fardos de maconha, que totalizaram 600 quilos da droga, até Eldorado. Foi constatado ainda que o Jeep foi roubado em São Paulo (SP) em março deste ano. As suspeitas foram levadas para a Delegacia de Polícia Civil de Tacuru, onde o caso foi registrado como tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Mulheres que usavam crianças para disfarçarem tráfico são presas após acidente
(Foto: DOF)
Jornal Midiamax