Polícia

Motorista é sequestrado com Hilux no interior de SP e levado até Corumbá

Na manhã desta sexta-feira (20), homem de 32 anos procurou a polícia em Campo Grande para denunciar que foi roubado e sequestrado na quarta-feira (18). Ele é morador em Londrina (PR), mas estava em Rosana (SP), onde foi sequestrado com a Hilux que tinha alugado. Conforme relato da vítima, ela estava na cidade de Rosana […]

Renata Portela Publicado em 20/12/2019, às 09h14

Vítima procurou a Depac Centro (Arquivo, Midiamax)
Vítima procurou a Depac Centro (Arquivo, Midiamax) - Vítima procurou a Depac Centro (Arquivo, Midiamax)

Na manhã desta sexta-feira (20), homem de 32 anos procurou a polícia em Campo Grande para denunciar que foi roubado e sequestrado na quarta-feira (18). Ele é morador em Londrina (PR), mas estava em Rosana (SP), onde foi sequestrado com a Hilux que tinha alugado.

Conforme relato da vítima, ela estava na cidade de Rosana com a Hilux, que alugou em Londrina. O homem foi pedir informação em uma rua da cidade, quando foi abordado por um suspeito, armado com revólver. O assaltante teria entrado na Hilux e exigido que a vítima dirigisse por vários quilômetros.

O motorista contou que atravessou Mato Grosso do Sul até chegar em Corumbá, já na quinta-feira. Na cidade de fronteira com a Bolívia, o assaltante teria encontrado com comparsas e eles deixaram a vítima embaixo de uma árvore, perto de um rio da cidade, por aproximadamente 6 horas.

Segundo relato da vítima, ela permaneceu vigiada por 5 homens e depois foi colocada em um Corolla branco e deixado na área urbana de Corumbá. O homem pediu carona e chegou até Campo Grande, onde registrou o boletim de ocorrência. Ele não tinha ferimentos e alegou que não foi agredido pelos bandidos, que além da camionete também levaram carteira e celular.

O caso será investigado como roubo, sequestro e cárcere privado e foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax