Polícia

Motorista condenado a 14 anos de prisão por matar mãe e filha tem júri anulado

Odenir Rodrigues dos Santos, que foi condenado em fevereiro de 2017 a 14 de prisão pela morte de Roselene Nascimento de 44 anos, e Mayra Carvalho de 20 anos, mãe e filha respectivamente, teve o julgamento anulado e deve ser colocado em liberdade. Nesta quarta-feira (5), o advogado de Odenir, Eriko Silva, disse que o […]

Thatiana Melo Publicado em 05/06/2019, às 11h49 - Atualizado às 19h06

None

Odenir Rodrigues dos Santos, que foi condenado em fevereiro de 2017 a 14 de prisão pela morte de Roselene Nascimento de 44 anos, e Mayra Carvalho de 20 anos, mãe e filha respectivamente, teve o julgamento anulado e deve ser colocado em liberdade.

Nesta quarta-feira (5), o advogado de Odenir, Eriko Silva, disse que o recurso interposto contra o resultado do julgamento seria porque a pena imposta foi injusta. A Justiça acatou o pedido e o júri acabou sendo anulado, com isso, o réu deve ser colocado em liberdade.

Segundo relatos do advogado ao site Nova News, a ordem de liberdade deve ser publicada ainda nesta quarta (5). Ainda não há data prevista para o próximo julgamento.

O acidente, que resultou na morte de mãe e filha aconteceu em 1 de novembro de 2015. Odenir conduzia um carro, na contramão, em alta velocidade e ainda estaria embriagado. Ele colidiu frontalmente na motocicleta em que estavam Roselene Temoteo Nascimento Labegallini e Mayra Temoteo Carvalho.

Após o acidente, o motorista fugiu do local, sem prestar socorro. Odenir teve a prisão preventiva determinada em junho de 2016, depois de ser detido, em outro acidente, dirigindo sob efeito de álcool.

Jornal Midiamax