Polícia

Após acidente fatal na Júlio de Castilho, adolescente é arremessado de moto

Um adolescente de 17 anos ficou ferido em um acidente de moto na Avenida Júlio de Castilho, entre as Ruas Brasília e Miranda, região do Santo Amaro em Campo Grande. O jovem, sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) seguia na faixa esquerda na avenida, no sentido bairro – Centro, quando colidiu com um WV Gol […]

Diego Alves Publicado em 25/03/2019, às 20h17 - Atualizado em 26/03/2019, às 13h08

None

Um adolescente de 17 anos ficou ferido em um acidente de moto na Avenida Júlio de Castilho, entre as Ruas Brasília e Miranda, região do Santo Amaro em Campo Grande. O jovem, sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) seguia na faixa esquerda na avenida, no sentido bairro – Centro, quando colidiu com um WV Gol que seguia no mesmo sentido e iria fazer uma conversão à esquerda, para entrar na rua Miranda. O jovem foi arremessado por aproximadamente 7 metros.

O acidente aconteceu a poucos metros do local do acidente onde morreu Vitor Hugo Braga de Souza, de 20 anos, neste domingo (24).

O motorista do carro, de 26 anos, disse à reportagem que estava com o veículo estacionado na Júlio de Castilho, após a Rua Brasília e, ao iniciar a conversão, a moto colidiu no lado esquerdo de seu veículo. “Eu estava estacionado, olhei, não vinha ninguém e fui virar com o sinal estava aberto”, diz o condutor referindo-se ao jovem, que segundo ele estava em alta velocidade.

O rapaz de 17 anos foi levado para atendimento pelo Corpo de Bombeiros consciente, orientado e com suspeita de fratura no pé esquerdo.

“Eu parei o sinal e o rapaz caiu perto de mim”, diz uma condutora que transitava no sentido contrário e prefere não se identificar. “Sorte que ele não bateu no poste do canteiro, olha lá onde foi para a moto dele”, disse a motorista apontando para a calçada do sentido oposto da via, onde a moto parou. “Aproveitam o embalo com sinais abertos e o canteiro com estes postes é perigoso”, diz a moradora Margarida Alves Sandin de 36 anos. “

Acidente

No mesmo local onde Vitor Hugo faleceu, uma mulher foi atropelada por uma moto no último dia 9 de março. Ela foi socorrida foi socorrida com sangramento na cabeça, nariz e boca. O motociclista causador do acidente fugiu do local.

Em outubro do ano passado, a fotógrafa Cíntia Raquel Arguelo da Silva, de 17 anos, que estava na garupa de uma motocicleta morreu após o condutor perder o controle da moto após um gato passar na sua frente na Avenida Júlio de Castilho, na Vila Sobrinho.

Jornal Midiamax