Polícia

Integrante de grupo especializado em furto a fazendas de MS é preso

Polícia Civil iniciou investigação após série de furtos em propriedades rurais na região de Juti, a 311 quilômetros de Campo Grande, e também Dourados e Naviraí. Rodrigo Gonçalves de Souza, de 33 anos, foi preso na tarde de domingo (29), apontado como membro da associação criminosa responsável pelos crimes. Conforme o delegado Silvio Ramos, de […]

Renata Portela Publicado em 30/12/2019, às 15h25 - Atualizado às 15h38

Celulares furtados foram apreendidos com Rodrigo (Foto: Divulgação)
Celulares furtados foram apreendidos com Rodrigo (Foto: Divulgação) - Celulares furtados foram apreendidos com Rodrigo (Foto: Divulgação)

Polícia Civil iniciou investigação após série de furtos em propriedades rurais na região de Juti, a 311 quilômetros de Campo Grande, e também Dourados e Naviraí. Rodrigo Gonçalves de Souza, de 33 anos, foi preso na tarde de domingo (29), apontado como membro da associação criminosa responsável pelos crimes.

Conforme o delegado Silvio Ramos, de Juti, foi feita uma operação para localizar e prender os autores dos crimes. Pelo menos três furtos registrados no período de 25 a 27 de dezembro seriam de autoria de Rodrigo, que teria agido com comparsas. Ele foi localizado na tarde de domingo por equipe policial de Naviraí.

Com Rodrigo foram encontrados três celulares furtados. Foi verificado que ele integra a associação criminosa especializada em furtos a propriedades rurais, que atua na região de Dourados e municípios vizinhos há pelo menos um ano. Ele foi preso por associação criminosa e furto qualificado mediante concurso de pessoas e majorado, se praticado durante período noturno.

Nos últimos casos registrados em Juti, foram levados celulares, dinheiro, documentos, roupas, furadeiras, perfumes, makita, entre outros objetos das vítimas. O caso segue em investigação e outros membros da associação devem ser identificados.

Jornal Midiamax