Polícia

Homem é preso por tentar estuprar travesti que se recusou a fazer programa

Homem de 23 anos foi preso na noite de sábado (01), depois de tentar estuprar uma travesti na cidade de Costa Rica, a 347 quilômetros de Campo Grande. Ele intimidou a vítima com uma arma de brinquedo, mas não contava com a reação dela, que entrou em luta corporal. Conforme apurado, ele chegou a solicitar […]

Renan Nucci Publicado em 03/06/2019, às 13h59 - Atualizado às 18h39

Foto: MS Todo Dia
Foto: MS Todo Dia - Foto: MS Todo Dia

Homem de 23 anos foi preso na noite de sábado (01), depois de tentar estuprar uma travesti na cidade de Costa Rica, a 347 quilômetros de Campo Grande. Ele intimidou a vítima com uma arma de brinquedo, mas não contava com a reação dela, que entrou em luta corporal. Conforme apurado, ele chegou a solicitar um programa antes, mas ela recusou.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima fazia ponto perto de um posto de combustíveis na Avenida José Ferreira da Costa, quando o suspeito se aproximou e negociou um programa. No entanto, a travesti não aceitou, oportunidade em que passou a ser ameaçada. O homem então sacou o simulacro de arma de fogo e levou a vítima para um terreno.

Lá, tentou estuprá-la, mas ela reagiu e passou a lutar com o homem que acabou desistindo da ação. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu visualizá-lo nas imediações do Centro de Eventos Ramez Tebet. Ao perceber a aproximação policial, tentou correr por 200 metros e dispensou um objeto. Porém, foi detido e os PMs viram que o objeto era uma arma falsa.

A travesti esteve no local, o reconheceu e relatou como foi a agressão. Diante dos fatos, o suspeito foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, ameaça e tentativa de estupro.

Jornal Midiamax