Polícia

Em MS, PM prende ladrões que roubaram Hilux no Paraná e sequestraram proprietário

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul prendeu na madrugada deste sábado (27), em Eldorado, a 440 quilômetros de Campo Grande, dois homens, de 38 e 23 anos, que roubaram uma caminhonete Toyota Hilux em Peróla (PR), e sequestraram o proprietário do veículo. O objetivo dos ladrões era levar a vítima até a fronteira […]

Renan Nucci Publicado em 27/07/2019, às 09h04 - Atualizado em 28/07/2019, às 11h36

Caminhonete foi recuperada e vítima foi libertada. Foto: Divulgação
Caminhonete foi recuperada e vítima foi libertada. Foto: Divulgação - Caminhonete foi recuperada e vítima foi libertada. Foto: Divulgação

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul prendeu na madrugada deste sábado (27), em Eldorado, a 440 quilômetros de Campo Grande, dois homens, de 38 e 23 anos, que roubaram uma caminhonete Toyota Hilux em Peróla (PR), e sequestraram o proprietário do veículo. O objetivo dos ladrões era levar a vítima até a fronteira com o Paraguai, para impedi-la de pedir socorro. O refém foi libertado sem ferimentos.

Em MS, PM prende ladrões que roubaram Hilux no Paraná e sequestraram proprietário
Arma de pressão apreendida com os ladrões. Foto: Divulgação

De acordo com o boletim de ocorrência, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) de Guaíra (PR) entrou em contato com a PM de Eldorado informando que o veículo roubado no Paraná estaria no município. A equipe então passou a fazer buscas e localizou a caminhonete no pátio de um lava-rápido, às margens da rodovia BR-163.

Os criminosos estavam aguardando liberação do tráfego, já que a pista estava bloqueada em razão de um acidente de trânsito. Na caminhonete estavam três pessoas, os dois ladrões e a vítima mantida como refém. No porta luvas foi encontrada uma arma de pressão, similar a uma pistola da polícia, e uma pequena porção de cocaína.

Diante dos fatos, os suspeitos foram presos e a ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil. A vítima relatou que estava em sua casa, quando ouviu barulho estranho e, ao verificar, se deparou com um dos ladrões segurando a arma e dizendo que queria dinheiro. Em seguida, o ladrão pediu que a vítima abrisse o portão para que o comparsa entrasse.

Na sequência, a dupla colocou o proprietário no banco traseiro e saiu. Eles iriam para o Paraguai e decidiram sequestrá-lo para que conseguissem chegar na fronteira sem serem denunciados. Durante o percurso, o criminosos faziam várias ameaças, mas a vítima tentava acalmá-los dizendo que não reagiria e que os deixaria levar a caminhonete.

Jornal Midiamax