Polícia

Durante fuga, ladrão pula portão de condomínio e acaba com fratura exposta

Um homem acabou indo parar na Santa Casa de Campo Grande depois de tentar roubar o celular de duas mulheres que estavam voltando para casa. Aconteceu que durante a fuga, o homem, de 45 anos, tentou pular portão de um condomínio, mas acabou tendo uma fratura exposta no pé. De acordo com o boletim de […]

Daiany Albuquerque Publicado em 11/05/2019, às 23h00

 (Foto: Midiamax)
(Foto: Midiamax) - (Foto: Midiamax)

Um homem acabou indo parar na Santa Casa de Campo Grande depois de tentar roubar o celular de duas mulheres que estavam voltando para casa. Aconteceu que durante a fuga, o homem, de 45 anos, tentou pular portão de um condomínio, mas acabou tendo uma fratura exposta no pé.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, duas mulheres se aproximavam de um ponto de ônibus, localizado na avenida Ceará, quando José Manoel da Silva Assis as abordou e mandou que elas lhe entregassem o celular.

“Passa o celular vocês duas, não gritem se não vou atirar em vocês”, teria tido o ladrão. Porém, ao tentar puxar o aparelha das mãos de uma das vítimas, ela acabou caindo no chão e a outra resolveu correr, o que chamou a atenção de um homem que passava pela via de carro.

O motorista, ao perceber que se tratava de uma tentativa de assalto, passou a seguir Manoel pela avenida. Para tentar fugir da testemunha, o autor decidiu então pular o portão do Condomínio Cachoeirinha I, entretanto, ao cair no chão, o indivíduo teve uma fratura exposta no pé direito e precisou de atendimento médico.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e o ladrão encaminhado para a Santa Casa da Capital. Já as mulheres, que não tiveram seus celulares roubados pela ajuda do motorista, não tiveram ferimentos.

O fato aconteceu por volta das 19h deste sábado. O autor, que continua internado, está sob escolta militar, pois foi preso em flagrante. O caso foi registrado como roubo na forma tentada e será investigado pela polícia.

Jornal Midiamax