Polícia

Determinada internação de adolescentes ligados a roubo com esfaqueado

Durante audiência de custódia nesta quinta-feira, o juiz Ricardo Galbiatti determinou a internação provisória dos dois adolescentes, de 15 e 17 anos, que participaram de roubo cujo a vítima foi esfaqueada, na madrugada de quarta-feira, em Campo Grande. Ao todo, sete pessoas se envolveram no crime, entre elas homens de 45, 21, 29 e 25 […]

Renan Nucci Publicado em 25/04/2019, às 17h45 - Atualizado em 26/04/2019, às 08h49

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Durante audiência de custódia nesta quinta-feira, o juiz Ricardo Galbiatti determinou a internação provisória dos dois adolescentes, de 15 e 17 anos, que participaram de roubo cujo a vítima foi esfaqueada, na madrugada de quarta-feira, em Campo Grande. Ao todo, sete pessoas se envolveram no crime, entre elas homens de 45, 21, 29 e 25 anos. Um terceiro menor não foi apreendido.

Conforme a decisão, o homem de 29 anos, teve fiança arbitrada pela autoridade policial e homologada pelo juiz. Não foi revelado se ele pagou o valor. Os outros três envolvidos tiveram as prisões em flagrante convertidas em prisões preventivas, e vão responder pelos crimes presos. A ação foi realizada pelo Batalhão de Choque da Polícia militar.

Enteda o caso

Conforme noticiado, os bandidos usaram um Hyundai i30, roubado horas antes na região, para abordar o motorista de uma Tucson, que seguia próximo a um shopping durante a madrugada. Após o crime, o Choque informou que realizou rondas no bairro e visualizou o Tucson em uma rua da Nhanhá.

Após mais diligências, os policiais avistaram o i30 entrando no bairro. O condutor de 25 anos tentou fugir em alta velocidade ao ver a equipe da polícia, mas foi abordado. No veículo também estava um rapaz de 21 anos, autor das facadas no motorista de 50 anos e outro rapaz, de 29.

Em uma área rural, na BR-163, saída para Dourados, onde motorista do Tucson foi esfaqueado e agredido com pancadas na cabeça, foi localizado um extintor utilizado para cometer a agressão. Durante o crime, neste local estavam outros dois menores, de 15 e 17 anos.

Eles relataram, após detidos pelo Choque, que a vítima tomou uma pancada na cabeça, saiu correndo para o mato e foi perseguido por um dos rapazes, que desferiu várias facadas nas costas do homem. A vítima continuou correndo e os suspeitos entraram nos veículos e voltaram para Campo Grande. Um adolescente de 15 anos afirmou que ofereceu drogas para que o outro rapaz de 21 matasse o motorista. Ele disse que tinha a intenção de levar o Tucson para o Paraguai. A faca utilizada no crime não foi encontrada.

Do proprietário do i30, os bandidos roubaram um notebook e dois celulares Iphone. O notebook foi localizado com um homem de 45 anos, que já estava desmontando o aparelho. Ele foi autuado por receptação.

Os envolvidos foram detidos por roubo, tentativa de latrocínio, receptação e associação criminosa. Eles foram encaminhados para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos).

Jornal Midiamax