Polícia

Caminhão cai em ribanceira na Serra de Maracaju e deixa um morto

O caminhoneiro Marcos Aparecido Bruneti, de 44 anos, morreu após cair de uma ribanceira enquanto cruzava trecho da BR-060, na Serra de Maracaju, na madrugada do sábado (30), dentro dos limites municipais de Nioaque, a cerca de 190 km da Capital. De acordo com a Polícia Civil, o acidente teria ocorrido por volta das 5h50, […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 31/03/2019, às 11h29 - Atualizado em 01/04/2019, às 08h36

Registro enviado por leitor mostra que caminhão ficou destruído, em trecho conhecido por acidentes fatais (Foto: Leitor | WhatsApp)
Registro enviado por leitor mostra que caminhão ficou destruído, em trecho conhecido por acidentes fatais (Foto: Leitor | WhatsApp) - Registro enviado por leitor mostra que caminhão ficou destruído, em trecho conhecido por acidentes fatais (Foto: Leitor | WhatsApp)

O caminhoneiro Marcos Aparecido Bruneti, de 44 anos, morreu após cair de uma ribanceira enquanto cruzava trecho da BR-060, na Serra de Maracaju, na madrugada do sábado (30), dentro dos limites municipais de Nioaque, a cerca de 190 km da Capital.

De acordo com a Polícia Civil, o acidente teria ocorrido por volta das 5h50, sendo comunicada às 06h15 do sábado, por pessoas que presenciaram o acidente. Ao chegar no local, o serviço médico já teria constatado a morte do motorista.

De acordo com as testemunhas que comunicaram o acidente, é possível que o veículo, uma Mercedes-Benz 1938 S azul, com placas de Indiana (SP), tenha perdido o freio. A polícia, porém, ainda investiga o caso, já que a perícia ainda não emitiu laudo

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Nioaque como ‘Acidente de Trânsito com Vítima Fatal provocado pela própria vítima’. Porém, o registro pode ser alterado a depender do laudo pericial. O local é conhecido por acidentes fatais semelhantes.

Jornal Midiamax