Polícia

Três trabalhadores ficam feridos após laje desabar no bairro São Conrado

Por Cleber Rabelo Três trabalhadores ficaram feridos na manhã desta segunda-feira (23) após caírem da laje de uma construção. O acidente aconteceu na rua General Alberto Carlos Mendonça, bairro São Conrado, em Campo Grande. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que esteve no local, a laje da obra em que estavam os trabalhadores desabou […]

Da Redação Publicado em 23/07/2018, às 17h13 - Atualizado em 24/07/2018, às 13h24

(Imagem ilustrativa/ Arquivo Midiamax)
(Imagem ilustrativa/ Arquivo Midiamax) - (Imagem ilustrativa/ Arquivo Midiamax)

Por Cleber Rabelo

Três trabalhadores ficaram feridos na manhã desta segunda-feira (23) após caírem da laje de uma construção. O acidente aconteceu na rua General Alberto Carlos Mendonça, bairro São Conrado, em Campo Grande. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que esteve no local, a laje da obra em que estavam os trabalhadores desabou e eles caíram de uma altura de cerca de seis metros.

As vítimas foram socorridas por uma equipe de suporte avançado do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhadas à Santa Casa de Campo Grande. De acordo com militares do Corpo de Bombeiros, duas vítimas deixaram o local do acidente em estado grave. Segundo os bombeiros, os trabalhadores não estavam usando equipamentos de segurança.

De acordo com a portaria 593/2014, do Ministério do Trabalho e Emprego, considera-se trabalho em altura toda atividade executada acima de dois metros do nível inferior, onde haja risco de queda. De acordo com o texto, o empregador deve capacitar os trabalhadores, afim de realizar trabalho em altura, com segurança.

Ainda de acordo com a portaria, os funcionários devem cumprir as disposições legais e regulamentares sobre trabalho. O funcionário pode interromper suas atividades exercendo o direito de recusa, sempre que constatar evidências de riscos graves e iminentes para sua segurança e saúde.

Jornal Midiamax