Polícia

Quadrilha presa por Choque tinha integrante do PCC e R$ 600 mil em droga

Entre os sete presos nesta quinta-feira (7) por equipes do Batalhão de Choque estava Elisom de Souza Vieira, foragido do sistema prisional e integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Com a quadrilha foi apreendida 1 tonelada e 706 quilos de maconha, avaliada em R$ 600 mil. Foram presos Enilson de Souza Vieira […]

Thatiana Melo Publicado em 08/06/2018, às 08h42 - Atualizado em 09/06/2018, às 12h50

None

Entre os sete presos nesta quinta-feira (7) por equipes do Batalhão de Choque estava Elisom de Souza Vieira, foragido do sistema prisional e integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Com a quadrilha foi apreendida 1 tonelada e 706 quilos de maconha, avaliada em R$ 600 mil.

Foram presos Enilson de Souza Vieira de 35 anos, Elisom de Souza Vieira de 37 anos, Lúcio Peralta de 44 anos, Reginaldo Teixeira Bastos, Wilian Santos Sales, José Carlos Malheiros Acosta, Luiz Alberto Ferreira e Wellington Carlos Lima.

Elisom seria o articulador do tráfico de drogas entre o Paraguai e o Brasil. No galpão na Vila Albuquerque os policiais encontraram três carros, sendo uma picape onde estava escondido 319 quilos de maconha, um Hyundai Tucson onde estavam mais 1 tonelada e 360 quilos da droga.

Já dentro do galpão foi localizado mais 27 quilos de maconha. Na casa de Elisom que fica em frente ao local onde a droga estava escondida foi encontrado dois revólveres, uma espingarda, munições e dentro de uma caixa o valor de R$ 15 mil.

Ainda de acordo com informações, Elisom contou que a droga do galpão era sua e que seria revendida na Capital ao preço de R$ 350 o quilo. Já a maconha encontrada no Hyundai seria levada para Goiânia. Todos foram presos e autuados por associação criminosa, tráfico de drogas, receptação e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

Jornal Midiamax