Polícia

PM campo-grandense morta durante assalto em Natal é sepultada

Caroline morava em Chapecó (SC) desde criança

Diego Alves Publicado em 31/03/2018, às 01h58

None

Caroline morava em Chapecó (SC) desde criança

O corpo da soldado policial militar campo grandense Caroline Caroline Pletsch, de 32 anos, foi enterrado na manhã desta sexta-feira (30) em Chapecó (SC). Caroline nasceu em Campo Grande (MS), mas morava em Chapecó desde criança.PM campo-grandense morta durante assalto em Natal é sepultada

A policial estava em férias com o marido, o sargento PM Marcos Paulo da Cruz, de 43 anos em Natal (RN).  Ambos foram baleados em uma pizzaria durante um assalto na última segunda-feira (26). 

Os dois foram levados ao pronto-socorro, porém, Caroline estava em estado grave e não resistiu. Ela levou um tiro na região do tórax e morreu antes de chegar ao hospital. Já Marcos Paulo se recupera no hospital Walfredo Gurgel e soube da morte da esposa na última quarta-feira (28).

Crime

“A pizzaria em que estavam foi assaltada por dois homens armados, que ao perceberem a presença dos policiais exigiram que os dois ficassem de joelhos e desferiram dois disparos de arma de fogo em cada um”, disse em nota o comandante-geral da PM de Santa Catarina, coronel Araújo Gomes. Após atirarem os assaltantes fugiram levando a arma do sargento. Ninguém foi preso até o momento.

O casal trabalhava no 2º Batalhão de Polícia Militar da Fronteira (2ºBPM/Fron) em Chapecó. Caroline entrou na corporação em 2013. 

Jornal Midiamax