Polícia

Policial militar que era pastor morre sozinho no Pelotão do Nova Lima

PM ficou conhecido por salvar bebê no mesmo local

Evelin Cáceres Publicado em 01/10/2017, às 11h40

None

PM ficou conhecido por salvar bebê no mesmo local

O policial militar Agustinho Marques do Amaral, de 48 anos, morreu na manhã deste sábado (30) no Pelotão do Nova Lima. O PM, que também era pastor, estava sozinho de serviço quando teve um infarto fulminante.

De acordo com amigos, ele chegou a chamar por socorro pelo rádio comunicador da polícia, mas foi encontrado morto pelos colegas.

O sargento ficou conhecido no ano passado por ter salvado a vida de um bebê no mesmo local onde faleceu. A família procurou o pelotão desesperada porque a criança estava desacordada e o policial, com ajuda dos Bombeiros por telefone, reanimou o bebê.

Em nota, o Comando da PM lamentou a mrote do policial. “O Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, Coronel PM  Waldir Ribeiro Acosta e toda a família policial militar, manifestam profundos sentimentos à família, rogando a Deus que, na sua infinita bondade, possa oferecer conforto a todos nesse momento de despedida e dor’.

O velório aconteceu na noite de sábado na Igreja Assembleia de Deus, Rua Joanesburgo, n. 495 – Bairro Campo Novo (em frente ao Mercado Novo Box), em Campo Grande.  

Jornal Midiamax