Polícia

Morto encontrado com pés amarrados foi assassinado por rixa antiga

Três autores foram presos

Thatiana Melo Publicado em 21/08/2017, às 11h57

None

Três autores foram presos

Os três autores acusados pelo assassinato de Silvio Fortes, de 30 anos, foram presos neste domingo (20) pela Polícia de São Gabriel do Oeste distante 133 quilômetros de Campo Grande. O corpo de Silvio foi encontrado as margens de uma rodovia com os pés e mãos amarrados.

O delegado Fábio da Silva Magalhães disse que o último a ser preso foi nesta madrugada de segunda-feira (21), e segundo depoimento de um deles, Silvio foi morto por causa de uma rixa antiga. Eles planejaram executá-lo antes que fossem mortos pela vítima, que já tinha feito ameaças.

Um dos envolvidos disse ter ligado para Silvio no dia 20 de julho combinando de se encontrarem para resolverem o problema entre eles. Os acusados usaram um veículo Fiat Pálio- que vai ser periciado, já que estava sujo de sangue- para pegar a vítima e levá-lo para o local onde seria morto.

Na estrada vicinal sentido Rio Negro, eles amarraram os pés e mãos de Silvio e o executaram com pelo menos sete tiros. O corpo já estava em avançado estado de decomposição, já que estava desaparecido desde 20 de julho.Morto encontrado com pés amarrados foi assassinado por rixa antiga

Foram presos João Hélio da Silva Brito, Josimar de Souza Pereira e Claudio Antunes da Silva Junior. Todos têm passagens pela polícia, inclusive a vítima Silvio Fortes.

Jornal Midiamax