Polícia

Mais de 100 facas artesanais e porções de drogas são apreendidas em pente-fino

A ação aconteceu na PED 

Midiamax Publicado em 26/01/2017, às 21h15

None
pente-fino-na-ped-26-01-2017.jpg

A ação aconteceu na PED 

Em vistoria as celas da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) agentes penitenciários apreenderam 110 facas artesanais e várias porções de cocaína, maconha e pasta base, que eram escondidas pelos presos. O pente-fino foi realizado na manhã desta quinta-feira (26) e contou com o apoio do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

De acordo com a Agepen (Agência Estadual de Administração o Sistema Penitenciário), a ação aconteceu nas celas dos raios 2 e 3, destinadas a integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital e também das celas da cadeia linear da unidade. Nas vistorias, foram apreendidos pelos agentes 16 aparelhos celulares, 110 facas artesanais, 100 porções de maconha, seis porções de cocaína e uma porção de pasta base.

Conforme o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, o objetivo da operação é “a prevenção de movimentos subversivos à ordem e à lei”, além de recolher materiais proibidos nas unidades, detectar grades serradas e possíveis túneis para fuga.

Outras apreensões

Nessa quarta-feira (25) a Estabelecimento Penal Máximo Romero, em Jardim, a 236 quilômetros de Campo Grande, também passou por uma vistoria de rotina. A revista aconteceu no Pavilhão D, onde foram apreendidos dois aparelhos celulares e dois carregadores artesanais.

No domingo (22), durante visita, uma pessoa foi flagrada tentando entrar na Penitenciária de Dois Irmãos do Buriti com fermento biológico, geralmente usado pelos presos para a fabricação de Maria Louca, bebida artesanal feita com restos de comida. Os agentes perceberam que junto com os demais pertences havia um pacote com pó de suco artificial de 1kg e 200g, o qual havia misturado uma grande quantidade de fermento.

Em Corumbá, a 426 quilômetros de Capital, no Estabelecimento Penal Feminino “Carlos Alberto Jonas Giordano”, os servidores flagraram 16 chuços e um carregador, além de constatarem grades serradas em uma das celas, durante uma revista na última semana.

Jornal Midiamax