Polícia

Jovem morre 8 dias após coronhadas e família procura agressor

Família tenta identificar suspeito

Wendy Tonhati Publicado em 09/07/2017, às 12h43

None

Família tenta identificar suspeito

O atendente de conveniência Everton Carneiro de Melo, 32 anos, morreu no último sábado (8), após ser internado em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Campo Grande. A família afirma que ele foi agredido com coronhadas na cabeça em uma festa no bairro, na sexta-feira, 30 de junho. 

O velório de Everton foi realizado na manhã deste domingo (9) e o sepultamento será no Cemitério São Sebastião. Segundo a irmã dele,  a manicure Viviane Carneiro de Melo, 29 anos, a festa ocorria em um salão alugado no bairro. 

Testemunhas disseram à família que Everton foi agredido após estar embriagado e um homem teria dado coronhadas na cabeça dele, provocando traumatismo craniano e o deixando desmaiado. 

Jovem morre 8 dias após coronhadas e família procura agressor

A família pede por Justiça e diz que já informou à Polícia Civil sobre suspeitos, mas que as testemunhas ainda não compareceram à delegacia. “Queremos expor para ver se alguém viu e vai denunciar”, diz um dos familiares. 

Jornal Midiamax