Polícia

Imagens de câmeras devem ajudar a identificar suspeito que invadiu Gameleira

Um dos envolvidos foi preso

Midiamax Publicado em 10/08/2017, às 16h04

None

Um dos envolvidos foi preso

Imagens do circuito de segurança do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira de Regime Semiaberto já foram entregues a polícia e devem ajudar a identificar o suspeito que participou da tentativa de resgate a presos da unidade na madrugada desta quinta-feira (10). A ação foi frustrada por agentes penitenciários, que conseguiram capturaram um dos envolvidos.

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) está acompanhando as investigações e também apura quem a dupla que invadiu a unidade nesta madrugada queria resgatar. Segundo a assessoria de comunicação, pelo local em que a dupla foi flagrada, a suspeita é de que o resgate seria de um preso da ala disciplinar.

No setor ficam os internos que por conta de faltas disciplinares não podem ser liberados durante um determinado período de punição. Geralmente os presos que cumprem pena na Gameleira são liberados durante o dia e voltam para dormir no estabelecimento penal. Por ser semiaberto, a segurança no local é mínima, ou seja, sem policiais militares nas guaritas.

Ainda assim, a unidade é monitorada e foi justamente pelas imagens das câmeras de segurança, que agora estão com a polícia, que os agentes penitenciários flagraram Fábio Alvarenga Britos de 34 anos, e o comparsa, arrombando o alambrado da unidade.

O segundo suspeito conseguiu fugir, mas Fábio foi preso e já está no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. Ele cumpria pena por roubo no também na Gameleira, mas estava evadido da unidade desde o dia 4 de agosto.Imagens de câmeras devem ajudar a identificar suspeito que invadiu Gameleira

O caso

Fábio foi visto pelos agentes rompendo o alambrado e em seguida o cadeado de uma das portas. Ele foi detido quando estava de frente para uma cela e carregava um alicate e uma barra de ferro.

O comparsa de Fábio conseguiu fugir do estabelecimento penal. Nenhum interno do local fugiu. O autor foi levado para a delegacia de polícia. Não há informações de quantos e quais presos seriam libertados.

Jornal Midiamax