Polícia

Delegacia da Capital assume caso de irmãos sumidos após abordagem

Titular vai a Ponta Porã nesta sexta-feira 

Clayton Neves Publicado em 18/08/2017, às 17h30

None

Titular vai a Ponta Porã nesta sexta-feira 

O inquérito policial que investiga o desaparecimento dos irmãos Rodney Campos dos Santos, de 27 anos e Edney Bruno Ortiz, de 20 anos, após abordagem policial na fronteira do Brasil com o Paraguai no último sábado (12), será conduzido pela DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios), de Campo Grande.

O delegado Rodolfo Daltro do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Ponta Porã, que deu início às investigações, afirmou que o inquérito foi repassado ao delegado Márcio Obara, titular da DEH, na quarta-feira (16). “A Delegacia de homicídios assumiu o caso porque eles tem um setor específico para investigar casos de desaparecimento”, explicou.

De acordo com Daltro, nesta sexta-feira (18), o titular da DEH vai a Ponta Porã para dar seguimento às diligências de apuração do  desaparecimento dos irmãos.

Tentamos falar com o delegado Márcio Obara, mas até o fechamento desta matéria não conseguimos.

Desaparecimento

Os irmãos são moradores de Ponta Porã e desapareceram no último sábado (12). O veículo, um VW Golf foi encontrado abandonado no mesmo dia na cidade. Segundo a família, a abordagem ocorreu no mesmo dia.

Delegacia da Capital assume caso de irmãos sumidos após abordagem

Já ao fundo aparecer o outro rapaz entrando na viatura da polícia. Rodney, que entrou na viatura policial tem passagens pela polícia por tráfico de drogas.

Jornal Midiamax