Polícia

De novo: idosa tem R$ 4 mil furtados por homem que se passou funcionário de banco

Em menos de 24 horas dois casos

Thatiana Melo Publicado em 06/04/2017, às 13h41

None
banco_2.jpg

Em menos de 24 horas dois casos

Depois de ter dinheiro furtado de sua conta bancária, uma idosa de 60 anos procurou a delegacia de polícia para registrar um boletim de ocorrência, em Campo Grande. O estelionatário se apresentou como funcionário da agência bancária.

A vítima disse que estava em uma agência bancária da Rua 15 de Novembro, quando um homem se apresentou como funcionário do banco e ofereceu ajuda ao perceber que ela estava com dificuldades.

Depois de conseguir com que a idosa digitasse a senha de seu cartão e fingir resolver o problema, o autor fez as trocas sem que ela percebesse. A vítima deixou o banco, mas retornou em seguida para fazer outro saque em sua conta momento em que percebeu que o cartão tinha sido trocado.

Foi furtado da conta bancária da idosa o valor de R$ 4.100. O delegado Dmitri Palermo da Dedfaz (Delegacia Especializada em Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações) afirmou que é necessário que as pessoas só busquem ajuda no interior das agências bancárias, nunca na área onde focam os caixas eletrônicos.

Outro caso

Ao ir até uma agência bancária na região central de Campo Grande, uma mulher de 58 anos teve seu cartão e dinheiro furtado de sua conta bancária, por um homem que se passou por funcionário do banco, na terça-feira (4).

A vítima disse que estava na agência bancária e um homem se apresentou como funcionário do banco oferecendo ajuda a mulher, que lhe entregou seu cartão. Depois de fingir ajudar a vítima, o autor entregou i cartão de outra pessoa à vítima.

Ao chegar em sua residência, a mulher percebeu a troca e que teriam sido retirados de sua conta o valor de R$ 1.200. Ao voltar ao banco, funcionários da agência mostraram a foto do autor, que foi reconhecido pela mulher.

Jornal Midiamax