Polícia

Cobrança de dívida em funilaria termina com um ferido a golpes de amortecedor

Briga ocorreu por causa de R$ 400

Wendy Tonhati Publicado em 07/01/2017, às 11h03

None
depac_centro_-_cleber_gellio_14.jpg

Briga ocorreu por causa de R$ 400

Uma briga por causa de R$ 400 em serviços de funilaria terminou com um homem ferido a golpes de amortecedor de carro. O caso aconteceu na noite da sexta-feira (6), na Vila Carvalho, em Campo Grande. 

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima, de 41 anos, relatou ter sido agredido por um homem que trabalha na oficina. Ele disse ter ido ao local para cobrar uma dívida de serviços de funilaria prestados ao agressor.

Os dois discutiram e ele acabou sendo agredido. O homem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para atendimento médico. 

Durante o registro da ocorrência, o agressor compareceu à delegacia e deu a versão dele aos policiais. Ele confirmou a briga, mas relatou ter falado para a vítima que só pagaria parte do serviço, pois o trabalho ainda não estava finalizado. 

Os dois se desentenderam e na versão do agressor, ele teria sido agredido com um chute e depois, ameaçado com um canivete. Ele alegou que para se defender, pegou o amortecedor utilizado na agressão. 

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, injúria e ameaça na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax