Polícia

Cartão de visitas do CEAM é novo recurso no combate à violência doméstica

PMs terão um instrumento para alertar as mulheres

Tatiana Marin Publicado em 20/01/2017, às 18h15

None
parceriapm.jpg

PMs terão um instrumento para alertar as mulheres

Um cartão de visitas, com telefone e endereço do CEAM (Centro Especializado de Atendimento à Mulher), é mais um recurso para o combate da violência doméstica. No CEAM são oferecidos acolhimentos, atendimento psicológico, social e orientações jurídicas a mulheres em situação de violência.

A apresentação do cartão foi feita pela titular da subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja Roca, para o Coronel Emerson Almeida, comandante do 10º PBM e o Tenente Andrew, que representou o Coronel Oéliton Figueiredo, comandante do 5 BPM.

Para o Coronel Emerson Almeida, com os cartões em mãos, os policiais que atenderem ocorrências e constatarem a resistência da mulher em se deslocar à delegacia, terão um instrumento para alertar essas mulheres, para que não deixem de procurar apoio para a superação da violência.

“É muito importante, porque muitas mulheres não têm coragem de denunciar o agressor. Com esse cartão, elas tem um telefone e um endereço, e podem procurar atendimento no CEAM, e com essa ajuda psicológica elas se fortalecerão e compreenderão a violência que sofrem como um fenômeno que precisa ser superado, antes que um mal maior aconteça”, afirma.

“Independente da mulher ter ido à DEAM ou de possuir um boletim de ocorrência em mãos, no CEAM estamos prontas para recebê-la e prestar as informações e orientações necessárias para cada caso, com psicólogas e assistentes sociais especializadas. Inclusive, para as mulheres que possuem bebês, temos uma brinquedoteca e uma pessoa para cuidar das crianças enquanto as mães são atendidas”, esclarece a Subsecretária. “A atuação da PM na distribuição desses cartões para as mulheres que fizerem chamado ao 190 será de grande valia”, destaca Luciana.

Serviço:
CEAM – Centro Especializado de Atendimento à Mulher
Atendimento psicológico gratuito para mulheres vítimas de violência (segunda à sexta-feira, das 7:30h às 17:30h)
Telefone: 0800-67-1236
Endereço: Rua Pedro Celestino, 437 – Centro – Campo Grande / MS.

Jornal Midiamax