Polícia

Caminhonetes furam bloqueio e mais de 2,3 toneladas de maconha são apreendidas

Uma S10 chegou a capotar na fuga 

Midiamax Publicado em 04/07/2017, às 11h50

None

Uma S10 chegou a capotar na fuga 

Duas caminhonetes e mais de 2,3 toneladas de maconha foram apreendidas na noite desta segunda-feira (3) em Ponto Porã, a 313 quilômetros de Campo Grande. Os dois veículos furaram um bloqueio policial que acontecia na MS-164, fugiram e um deles, uma S10, chegou a capotar na fuga. Os motoristas conseguiram escapar.

A fiscalização era realizada por equipes da Polícia Rodoviária Estadual na MS-164 e vários veículos eram parados no bloqueio até que os policiais deram ordem ao motorista de uma Hilux, com placa de Campo Grande, que seguia no sentido Ponta Porã/Itamarati. O condutor da caminhonete então iniciou fuga e junto com ele, uma Chevrolet S10 que seguia na frente, também evadiu em alta velocidade.

Os dois veículos se separaram e os policiais seguiram perseguindo a Hilux, que fez o retorno na pista e continuou em sentido a Ponta Porã. O suspeito então abandonou a caminhonete em determinado ponto e fugiu para o Paraguai, não sendo localizado pelos policias. O veículo foi apreendido e levado para o posto policial do Aquidabã.

No interior do veículo foram encontrados vários tabletes de maconha, tanto na carroceria, como nos bancos dos passageiros, assoalho dianteiro (lado do passageiro) e dentro de três portas da caminhonete. A droga foi pesada e totalizou mais de 1.180.232 quilos.Caminhonetes furam bloqueio e mais de 2,3 toneladas de maconha são apreendidas

Enquanto isso, equipes da Polícia Militar de Antônio João foram acionados por populares para atender ao capotamento de um S10 carregada de maconha na MS-384. No local, os militares encontraram a caminhonete danificada e vários tabletes da droga espalhados pelo chão na margem da rodovia e constataram ser o mesmo veículo que havia fugido da fiscalização.

O condutor não foi encontrado. A caminhonete e a maconha, que totalizou mais de 1.150 quilos, foram apreendidas. Ao todo, a apreensão somou mais de 2,3 toneladas da droga. Os dois casos foram registrados na 1ª Delegacia de Ponta Porã. 

Jornal Midiamax