Polícia

Assaltada e sequestrada, servidora pública é deixada em estrada vicinal

Dois assaltantes armados

Tatiana Marin Publicado em 01/04/2017, às 23h19

None
policia-sirenes.jpg

Dois assaltantes armados

Uma servidora pública de 37 anos foi assaltada e sequestrada na manhã deste sábado em Itaquirai, a 402 quilômetros de Campo Grande. Conforme relatos do boletim de ocorrência registrado da Delegacia de Polícia de Itaquirai, a mulher foi abordada por dois assaltantes, ela foi levada em seu próprio carro para Mundo Novo, município 462 distante da capital, e deixada em uma estrada vicinal.

A servidora pública estava a trabalho em visita a uma casa no Bairro Primavera, em Itaquirai. Ao retornar para seu carro, os dois assaltantes, sendo um armado, a abordaram e anunciaram o assalto. Conforme o registro da ocorrência, os dois diziam que se a mulher fizesse “alguma gracinha” eles iriam “pegar a filhinha dela também”. O que fez a servidora pública pensar que eles poderiam conhecer ou teriam pesquisado sua vida e saberem que ela tem uma filha de quatro anos.

Os autores do crime seguiram com a servidora, no banco traseiro, em direção a Mundo Novo, chegando a circular pela cidade. Ao registrar o boletim de ocorrência, a mulher relatou que durante todo o tempo eles trocavam mensagens por telefone, como se estivessem combinando algo com outra pessoa e se mantiveram calados.

Após algum tempo, os assaltantes saíram do perímetro urbano de Mundo Novo e dirigiram-se para a BR-163 e entraram em uma estrada vicinal. Conforme boletim de ocorrência, a servidora pública acreditava que se tratava da região que faz fronteira com o Paraguai. Ela foi deixada no local e aparentemente entraram para o país vizinho.

Ao caminhar de volta para Mundo Novo uma mulher em uma Honda Biz deu carona para a vítima até a Receita Federal de Mundo Novo, onde pegou um táxi e voltou para Itaquirai. O caso foi registrado como roubo majorado pelo emprego de arma de fogo e será apurado.

Jornal Midiamax