Polícia

Após perseguição na BR-463, dupla é presa com carro roubado que trocaria por armas

Suspeito teria pago R$ 5 mil em um Honda City 

Midiamax Publicado em 25/09/2017, às 12h14

None

Suspeito teria pago R$ 5 mil em um Honda City 

Um casal, de 22 e 33 anos, foi preso na noite deste domingo (24) após furar um bloqueio policial e ser perseguido por policiais rodoviários federais na BR-463, em Ponta Porã, a 318 quilômetros de Campo Grande. A dupla estava em um Honda City roubado e depois de presa afirmou que trocaria o veículo por duas armas.

Segundo o boletim de ocorrência, Deisy Keli Silva dos Anjos de Souza e Miguel Pereira da Costa Neto, foram abordados por equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), durante fiscalização na rodovia, mas desobedeceram a ordem de parada e iniciaram fuga em alta velocidade, sentido a Ponta Porã.

A mulher conduzia o Honda City e conforme o registro policial, realizou manobras e ultrapassagens perigosas e transitou pelo acostamento em várias ocasiões, até ser parada no km 80 da BR-463. Ao verificar o veículo, os policiais descobriram que ele era roubado e a placa verdadeira era da Brasília.Após perseguição na BR-463, dupla é presa com carro roubado que trocaria por armas

Diante do flagrante, Deisy afirmou que não sabia da origem ilícita do carro e que só fugiu por não ter CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Já Miguel confessou ter comprado o veículo por R$ 5 mil de um desconhecido e que seguia para o Paraguai, onde trocaria o City por duas armas de fogo.

Os suspeitos foram levados para a 1ª Delegacia de Ponta Porã, onde acabaram indiciados por receptação, desobediência e falta de permissão ou habilitação para dirigir.

Jornal Midiamax