Polícia

Vingança: assassino de ‘Jamelão’ é morto a tiros 4 meses depois

Vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos 

Gerciane Alves Publicado em 07/08/2016, às 09h59

None
policia_-_generica.jpg

Vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos 

Carlos Eduardo Benites dos Santos, foi atingido por três tiros na noite deste sábado (6) e morreu depois de dar entrada no CRS (Centro Regional de Saúde) Nova Bahia. De acordo com o registro policial ele é autor de um homicídio que aconteceu em abril deste ano e foi surpreendido pelos disparos na porta da casa de um amigo, no Jardim Vida Nova, região norte da Capital.

Segundo relatos da mãe da vítima à polícia, Carlos Eduardo estava sentado na frente da casa de um amigo por volta das 23 horas  na Rua Passo Fundo, no Jardim Vida Nova, quando um conhecido da vítima chegou e efetuou  vários disparos contra ele fugindo em seguida.

A vítima foi socorrida por amigos e levada ao CRS Nova Bahia, mas morreu 40 minutos após dar entrada. Os disparos atingiram o tórax, abdômen e a perna da vitima.

Ainda de acordo com o registro policial, Carlos Eduardo é autor de um homicídio ocorrido no dia 22 de abril no Nova Lima, região norte da Capital, onde a vítima foi identificada como David Renato Daniel, o 'Neguinho Jamelão', de 18 anos.

Na época a motivação para o crime apontada pela polícia foi uma suposta rixa entre grupos criminosos.

Jornal Midiamax