Polícia

Trabalhador morre após ter perna triturada em máquina de fabricar tijolos

Homem não resistiu aos ferimentos

Midiamax Publicado em 08/01/2016, às 19h27

None
tijolo.jpg

Homem não resistiu aos ferimentos

José Aparecido da Silva, de 24 anos, morreu nesta sexta-feira (8) depois de ter a perna triturada em uma máquina de fabricar tijolos. O acidente aconteceu em uma cerâmica de Brasilândia, cidade a 355 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava alimentando a máquina com barro quando uma porção maior de barro travou a esteira que encaminha o barro até o triturador. José subiu na esteira para tentar desobstruir a passagem, quando a máquina funcionou e a perna esquerda do homem ficou presa ao triturador.

A máquina foi desligada pelo gerente da cerâmica e chamada uma viatura do Corpo de Bombeiros, que prestou os primeiros socorros. Uma outra viatura de Três Lagoas também foi acionada.

A vítima foi encaminhada ao hospital da cidade, onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O caso foi registrado como homicídio culposo na 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil) da cidade. 

Jornal Midiamax