Polícia

Suspeito de agredir casal gay e matar um em bar continua foragido

Homem teria fugido da cidade após crime

Midiamax Publicado em 24/10/2016, às 19h53

None
sirene.jpg

Homem teria fugido da cidade após crime

Segue foragido o suspeito de agredir um casal gay e matar um deles em um bar na cidade de Sidrolândia, a 80 quilômetros de Campo Grande. O caso aconteceu na madrugada de domingo (23) após uma desavença entre o autor e a vítima.

Gervásio Pinto Neto e um homem identificado como Waldemar, que seria casado com ele há 14 anos, estavam se divertindo em um bar quando um homem, identificado apenas como ‘Mário Clayton’, segundo boletim de ocorrência, chegou com mais dois amigos e começou a tirar fotos do casal.

Incomodado, Gervásio foi tirar satisfação e foi esfaqueado pelo rapaz. Ele sofreu ferimentos na boca, nas axilas, no tórax, e não resistiu.

A Polícia Civil da cidade afirmou que o suspeito foi identificado, e está foragido desde ontem. Informações apuradas pela equipe de reportagem do Jornal Midiamax apontam que o agressor teria fugido da cidade.

Jornal Midiamax