Polícia

Polícia investiga se mortos durante fuga na BR-163 tinham envolvimento em assassinato

Um deles é um adolescente de 16 anos 

Midiamax Publicado em 06/09/2016, às 18h45

None
unnamed_2.jpg

Um deles é um adolescente de 16 anos 

Os jovens que morreram em um acidente de trânsito no anel viário da BR-163, em Campo Grande, na região do Taquaral Bosque, foram identificados como Douglas Henrique Vieira Cezar, de 20 anos e Wesley Gomes Rodrigues, de 16 anos. A dupla estaria fugindo depois  de atirar em um jovem de 28 anos, a poucos metros do local da colisão.

Segundo o delegado Geraldo Marim Barbosa, da 3ª Delegacia de Polícia Civil, os rapazes foram reconhecidos por familiares e agora a polícia investigada a participação deles na morte de Leandro Aparecido Nunes Ferreira, vulgo ‘Leleco’, de 28 anos, baleado minutos antes do acidente por dois suspeitos em uma motocicleta.

A vítima estava com a esposa e um amigo quando foi atingida por disparos de arma de fogo. Os autores estariam em uma motocicleta azul e fugiram em direção ao anel viário. Leandro foi socorrido e deu entrada na Santa Casa da Capital às 21h59. Cerca de 1h40 depois, não resistiu aos ferimentos.

Conforme o delegado, as testemunhas do crime serão ouvidas e para comprovar o envolvimento de Douglas e Wesley no crime. “A esposa da vítima chegou a falar um nome, mas não bateu com a identificação dos motociclistas. Vamos ouvi-la novamente para tentar fazer o reconhecimento dos suspeitos”, explicou o delegado.

A arma usada no crime também não foi encontrada com os jovens no local do acidente. A motivação do homicídio é investigada e uma das hipóteses é que o rapaz tenha sido morto por vingança. Leandro tinha passagem por tráfico de drogas, lesão corporal e vias de fato.

Acidente

Informações do Corpo de Bombeiros dão conta de que a dupla seguia na Rua Alexandre Herculano, quando entrou em alta velocidade na rodovia. A lateral da motocicleta bateu na frente de um veículo Hyundai H20 que vinha da saída de Três Lagoas para a saída de Cuiabá.

Com o impacto da batida, o corpo do condutor da moto foi arremessado para o alto e se chocou com o para-brisas de um caminhão carregado com bois que seguia na direção contrária. O corpo do rapaz entrou na cabine do caminhão. O motorista conseguiu parar o veículo somente a cerca de 400 metros do local da batida.

O garupa e a moto foram esmagados pelo caminhão. Os rapazes que estava na moto morreram na hora e tanto a moto quanto o carro ficaram totalmente destruídos. O caminhão teve a parte da frente danificada e pneus furados.

A Polícia Militar informou que minutos antes do acidente foi acionada para atender uma tentativa de homicídio nas proximidades. Durante rondas, os policiais avistaram a dupla de motociclistas que, com medo, se livrou do protótipo de arma, antes de fugir. 

Jornal Midiamax