Polícia

Para matar ‘cagueta’, motoqueiro atira 5 vezes contra policial e delegacia

Cinco disparos foram feitos 

Thatiana Melo Publicado em 21/01/2016, às 10h02

None
cagueta.jpg

Cinco disparos foram feitos 

Durante a madrugada desta quinta-feira (21), ao entregar uma ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Dourados, cidade localizada a 235 quilômetros de Campo Grande, um policial, de 34 anos, sofreu um atentado quando cinco tiros foram disparados em sua direção.

De acordo com informações do boletim de ocorrência registrado, ao chegar à delegacia de polícia um dos policiais entrou para entregar a ocorrência, enquanto a vítima ficou do lado de fora. Os policiais relataram que antes de chegar a delegacia depararam-se com um motociclista identificado como, Adeílson Alvarenga de Souza, de 31 anos, em atitude suspeita pela ruas.

Adeílson disparou cinco tiros em direção a delegacia e ao policial que esperava do lado de fora, empreendendo fuga em seguida. O autor foi perseguido pelos policiais, e ao colidir com a calçada depois de algumas quadras foi preso.

Com Adeílson foram encontrados um revólver calibre .38, mais quatro munições intactas e duas trouxinhas de cocaína. Aos policiais, o autor disse que o motivo do atentado, é que queria matar um 'Cagueta'. Adeílson foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Jornal Midiamax