Polícia

Jovem morto no Columbia disse à família que iria receber dinheiro

Família não sabe explicar a razão da morte

Daiane Libero Publicado em 18/09/2016, às 11h40

None
homicidio_jardim_columbia_3.jpg

Família não sabe explicar a razão da morte

O irmão do jovem alvejado no Jardim Columbia na noite deste sábado (17), afirma que a família não sabe explicar a razão da morte do homem, que foi atingido por tiros próximo a um terreno baldio e uma casa em construção no Jardim Columbia, na região norte de Campo Grande. Segundo ele, Fernando Henrique de Souza, de 23 anos, que morreu no local, disse à família que iria sair para "receber um dinheiro" e não retornou. 

Eles ainda afirmam que o jovem era tranquilo e solteiro, e que vivia de fazer bicos de serviços gerais. A família não soube informar se ele tinha envolvimento com nenhum tipo de crime ou problemas fora de casa. Na noite de sábado, ele teria saído de casa para receber um dinheiro justamente de um desses trabalhos, e foi encontrado morto pela Polícia. Testemunhas afirmaram que foram feitos pelo menos dois disparos. 

Porém, o irmão de Fernando não sabe onde está esse suposto dinheiro, nem o valor que Fernando iria receber, e também não sabe informar se a Polícia recolheu o valor. A Polícia Militar e a Perícia Técnica da Polícia Civil também foram acionadas. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). 

Jornal Midiamax