Polícia

Homem de 48 anos é preso por estuprar e fotografar menina de 11 anos

A vítima é amiga do enteado do suspeito 

Midiamax Publicado em 24/06/2016, às 20h24

None
20160623_182255.jpg

A vítima é amiga do enteado do suspeito 

Um homem de 48 anos foi preso em flagrante nesta sexta-feira (24) no Jardim Aero Rancho por armazenar imagens pornográficas de uma menina de 11 anos, amiga do enteado dele. O suspeito teria abusado sexualmente e fotografado a criança nua nas noites em que ela teria dormido com na casa do colega, que tem aproximadamente a mesma idade da vítima.

De acordo com o delegado Mário Donizete Ferraz de Queiroz, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), a namorada do suspeito procurou a delegacia desta quinta-feira (23) para denunciar o caso. Ela relatou para a polícia que descobriu os abusos depois que o filho contou que havia visto “fotos de mulher pelada”, no computador do padrasto.

Ao verificar a informação do filho, a mulher encontrou várias imagens pornográficas, entre elas de crianças. Imediatamente a testemunha expulsou o homem de casa e procurou a polícia. Ainda na quinta-feira, policiais da delegacia especializada foram até a casa do suspeito e apreenderam seu computador. Na data ele não foi localizado.

Pelas fotos, os investigadores constataram que a vítima era uma menina de 11 anos, amiga do filho da denunciante. A mãe da criança foi contatada e contou que em virtude a amizade das crianças, as famílias também eram amigas e por isso a menina dormia algumas noites na mesma casa que o suspeito.

A vítima foi levada para o Conselho Tutelar, lá foi ouvida por psicólogos e confirmou que era ela nas fotos. A criança contou ainda que além de poses pornográficas, o suspeito pedia para que ela fizesse sexual oral nele e também passava o pênis em sua genitária.

Nesta sexta-feira (24) os policiais voltaram à casa do homem e o prenderam em flagrante por armazenar conteúdo pornográfico envolvendo criança. Segundo o delegado, agora será feito o pedido de prisão preventiva do suspeito por estupro de vulnerável. “A namorada do autor afirmou que mais amigos do filho também dormiram na casa e por isso vamos investigar se outras crianças também sofreram algum tipo de abuso”, afirma o delegado.

Jornal Midiamax