Polícia

Homem aciona a polícia para relatar homicídio, mas acaba detido por porte ilegal de arma

Além da arma ele carregava um par de algemas

Gerciane Alves Publicado em 03/04/2016, às 13h28

None
policia1.jpg

Além da arma ele carregava um par de algemas

Na noite deste sábado (2), um homem identificado apenas como Sidnei acionou polícia relatando que próximo a Missão Caiuá em Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande, um indígena havia sido atingido por disparos de arma de fogo.

De acordo com o registro policial, durante diligências no local informado por Sidnei nada foi encontrado, mas perceberam um volume na cintura dela e depois de buscas pessoais localizaram um revolver calibre 32 com duas munições e um par de algemas.

 Depois de constatado que a arma não tinha registro e nem Sidnei porte, a polícia deu a ele voz de prisão e o colocou no compartimento de presos da viatura. Os policiais continuaram em seguida as diligências e localizaram a suposta vítima dos disparos.

Ainda segundo o registro, ela relatou aos policiais que não havia sido atingida, mas que um homem de nome Alexandre teria efetuado vários disparos em sua direção e estaria na companhia de outros dois homens. Os homens não foram encontrados pela polícia.

Jornal Midiamax