Polícia

Entre presos transferidos do Rio após festa em presídio estão chefes do tráfico

Eles colecionam extensas fichas criminais

Clayton Neves Publicado em 22/06/2016, às 20h23

None
transferencia_presos_fat_family.jpg

Eles colecionam extensas fichas criminais

A justiça do Rio de Janeiro divulgou a identificação dos 15 detentos ligados ao traficante Nícolas Labre de Jesus, o Fat Familly, transferidos para três penitenciárias de segurança máxima, entre elas para a unidade de Campo Grande.

Por questão de segurança não foi divulgado a identidade dos presos que vieram para a Capital. A transferência aconteceu por determinação da Vara de Execuções Penais da Justiça do Rio, depois que os 15 internos do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, realizaram uma festa para comemorar o resgate do traficante Fat Familly de um hospital, nesta terça-feira.

Os presos foram divididos e transferidos para unidade de segurança em Catanduvas, no Paraná, em Porto Velho, Rondônia e também para Mato Grosso do Sul.

Veja a lista

  • – Leonardo Carlos da Silva, vulgo "Léo da Kelson". Área de atuação: Kelson's
  • – Davi da Conceição de Carvalho, vulgo "Davi do final feliz". Área de atuação: Chapadão
  • – Marcelo da Silva Guilherme, vulgo "Marcelinho dos Prazeres". Área de atuação: Morro dos Prazeres/Escondidinho
  • – Wilson Ferreira Cardozo, vulgo "Bacalhau". Área de atuação: Providência
  • – Paulo César de Souza dos Santos, vulgo "Paulinho Muleta". Área de atuação: Fallet/Fogueteiro
  • – Edson Pereira Firmino de Jesus, vulgo "Zaca". Área de atuação: Prazeres e Escondidinho
  • – Aleksandro Rocha da Silva, vulgo "Sam da Caicó". Área de atuação: Covanca
  • – Marcelo Fonseca de Souza, vulgo "Marcelo Xará"
  • – Isaías da Costa Rodrigues, vulgo "Isaías do Borel"
  • – Sandro Batista Rodrigues, vulgo "Naíba"
  • – Marcio Gomes de Medeiros Roque, vulgo "Marcinho do Turano"
  • – Wilson Ferreira Cardozo – Bacalhau
  • – Eliezer Miranda Joaquim – Criam
  • – Carlos Eduardo Rocha Freire Barboza – Kadu Playboy
  • – Francisco Eduardo Freire Barboza

Nomes conhecidos

Na a lista de detentos estão nomes conhecidos da polícia pela longa ficha criminal e atuação dentro do crime organizado.

Paulo César de Souza dos Santos, vulgo "Paulinho Muleta" é um dos chefes de maior expressão dentro da facção criminosa do Rio de Janeiro, o Comando Vermelho. Paulinho faz parte do tráfico de drogas que atua no Complexo do Lins de Vasconcelos, que compreende entre outras: Arvore Seca, Cachoeirinha, Morro do Encontro, Morro do Amor. 

Antes da ocupação pelas Unidades de Policia Pacificadora – UPP – , ele era o líder do tráfico de drogas no Morro da Formiga, mas estabelecia sua base operacional no Morro do Salgueiro, ambos na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. 

Carlos Eduardo Rocha Freire Barboza, o Kadu Playboy é apontado como integrante da facção Comando Vermelho e comandante da venda de drogas na comunidade Manoel Corrêa. Na ficha de Carlos Eduardo aparecem crimes como homicídio, porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

Aleksandro Rocha da Silva, vulgo "Sam da Caicó" está ligado a facção Comando Vermelho e atua como chefe do tráfico de drogas nas imediações da comunidade Cidade de Deus, em Jacarepaguá. Em sua ficha aparecem crimes como roubo, homicídio e tráfico de drogas.

Marcelo da Silva Guilherme, vulgo "Marcelinho dos Prazeres", era apontado pela polícia como o chefe do tráfico de drogas no Morro dos Prazeres

Davi da Conceição de Carvalho, vulgo "Davi do final feliz” faz parte da facção Comando Vermelho e dividia a gerência do Complexo do Chapadão com outros traficantes.

Jornal Midiamax