Polícia

Durante ‘caçada’ por Pokémon, adolescentes são assaltados na Capital

Ladrões levaram três celulares

Gerciane Alves Publicado em 05/08/2016, às 19h33

None
d09d4859-e1e3-44a3-98dc-3f7401317b70.jpg

Ladrões levaram três celulares

A noite de 'caça' por Pokemons em uma avenida da Capital não terminou muito bem para dois adolescentes de 15 anos e um de 11 anos. Os três jogavam Pokémon Go por volta das 20h30 de quinta-feira (4) na Avenida Eduardo Elias Zahran quando foram surpreendidos por três assaltantes que acabaram levando seus celulares.

De acordo com o estudante de medicina, de 19 anos, que preferiu não se identificar as vítimas são seus dois irmãos e um primo. Eles moram próximos da avenida e resolveram sair de casa para 'caçar' Pokemons. Jogando, os adolescente andaram uma quadra até chegar na frente de uma agência do Banco do Brasil e resolveram voltar.

“Chegando na frente do banco eles resolveram voltar para frente de uma padaria. Foi quando meu irmão de 15 anos percebeu que do outro lado da rua três moleques observavam eles”. Os jovens ainda caminharam alguns metros, mas foram surpreendidos pelos três rapazes que estavam em bicicletas.

Com uma arma que aparentava ser de choque, segundo descrito pelos adolescentes ao irmão, os três assaltantes pediram os celulares. Os adolescentes de 15 anos teriam entregado assim que solicitado, já o mais novo relutou. “Meu irmão mais novo ficou segurando o celular no bolso. Foi quando de forma bruta um deles puxou o celular dele”, conta o estudante.

Os três assaltantes, um identificado como Gabriel Salina, de 19 anos, e dois adolescentes, de 15 e 16 anos foram localizados ainda na noite de quinta-feira no Jardim Monumento, região sul da Capital, após serem atropelados por moradores que os flagraram roubando uma bicicleta. Dos três celulares roubados apenas um foi recuperado.

Prisão

Gabriel Salina, de 19 anos e dois adolescentes, de 15 e 16 anos foram atropelados por um motorista no Jardim Monumento quando tentavam escapar. Eles foram flagrados por moradores roubando uma bicicleta.

De acordo com a polícia o trio vinha cometendo vários roubos na região, e por volta das 22h30 desta quinta-feira (4) Gabriel e mais um dos adolescentes acabaram atropelados por um motorista quando tentavam escapar. Ao serem atendidos, os dois confessaram ainda os roubos de dois celulares e duas bicicletas.

Gabriel Salina foi preso e responderá por roubo e corrupção de menores, já os dois adolescentes foram apreendidos e levados para a Unei (Unidade Educacional de Internação).

Jornal Midiamax