Polícia

Dono de empresa de guincho é multado em R$ 5 mil por crime ambiental

Ele foi responsável por contaminação do solo e da água

Midiamax Publicado em 16/09/2016, às 18h45

None
dsc07756.jpg

Ele foi responsável por contaminação do solo e da água

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Três Lagoas autuou o proprietário de uma empresa de guincho da cidade em R$ 5 mil – ele é considerado responsável pelo derramamento de combustível que causou poluição do solo e da água no local.

Ao chegar até a garagem de caminhões na noite de quinta-feira (15), a PMA explica que encontrou diversos tambores com restos de combustíveis – que também estava derramado no solo -, podendo contaminar o lençol freático. Os produtos não tinham licença ambiental e a PMA foi até o local após denúncias.

O proprietário, de 39 anos, poderá responder por crime ambiental de poluição, com pena de um a quatro anos de detenção. Ele também foi notificado a remover o material e recuperar a água degradada.

Jornal Midiamax