Polícia

Dois trabalhadores morrem soterrados em obra de muro de casa em rua com erosão

Testemunhas reclamam que casas foram mal construídas

Midiamax Publicado em 23/01/2016, às 15h56

None
capa1.jpg

Testemunhas reclamam que casas foram mal construídas

Dois jovens foram soterrados no final da manhã deste sábado enquanto faziam um muro de sustentação no Conjunto Residencial Ary Abussafi, que fica no Bairro Morada Verde, em Campo Grande. Os dois morreram. 

As vítimas foram identificadas como Alex Almeida de Sousa, 25 anos, e Daniel Marcelino da Silva, de 26 anos. 

A rua, que tem um processo erosivo, é mais alta que o terreno, onde há um declive. Os trabalhadores estavam aterrando o local para fazer o muro. O acidente aconteceu por volta das 11h quando os dois trabalhavam na obra. Um dos homens é pedreiro e estava na casa dos parentes, assim como o de 25 anos que visitava a sogra.

Três equipes dos Bombeiros e SAMU estão no local fazendo o resgate dos corpos. 

Emocionada, a sogra de um deles culpou as construtora das residências. “As casas foram muito mal construídas”, explica.

As testemunhas ainda disseram que o Corpo de Bombeiros demorou para chegar. “Eles ficaram mais de uma hora esperando socorro. Isso é um absurdo”, disse uma testemunha que não quis se identificar. 

Um dos trabalhadores mora no Bairro Montevidéu. O pai, que é mecânico, ficou sabendo do acidente e foi para o local. “Os bombeiros demoraram demais para chegar”.

A perícia da Polícia Civil já foi acionada.

Jornal Midiamax