Polícia

Detento invade Ministério Público atrás de Marcos Alex e assusta procuradores

Invasor teria passagem por homicídio

Thatiana Melo Publicado em 30/06/2016, às 15h38

None
ministerio_publico.jpg

Invasor teria passagem por homicídio

Um detento em liberdade condicional teria invadido nesta quarta-feira (29) o prédio do Ministério Público, em Campo Grande, atrás do ex-coordenador do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e atual secretário geral do Ministério Público, Marcos Alex Vera de Oliveira.

O homem, que não teve a identidade revelada, foi localizado por seguranças do prédio próximo ao gabinete do procurador geral, Paulo Cézar Passos. A invasão foi exposta durante a reunião do Colégio de Procuradores do Ministério Público, nesta quinta-feira (30).

De acordo com informações, o homem teria usado um nome falso ao entrar no prédio, e o procurador geral de Justiça teria dito durante a reunião, que o invasor seria de uma facção criminosa.

Marcos Alex Vera disse não ter sido encontrado pelo homem por que estava em uma reunião em Brasília (DF). A invasão foi discutida enquanto o Colégio de Procuradores fazia propostas nas melhorias da segurança orgânica do prédio do Ministério Público.

Ainda de acordo com informações, o autor da invasão teria passagens pela polícia por tráfico de drogas, homicídio e roubo a banco. Ele foi detido e levado para a Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax