Polícia

Condutor é levado à delegacia, após ser flagrado com tatus abatidos em MS

PMA aplicou multa de R$ 1 mil

Midiamax Publicado em 24/10/2016, às 19h25

None
unnamed.jpg

PMA aplicou multa de R$ 1 mil

Um condutor de 55 anos foi levado a delegacia e multado em R$ 1 mil, pela PMA (Polícia MIlitar Ambiental), após ser flagrado com tatus abatidos e petrechos de pesca proibidos, na zona rural do município de Iguatemi, a 473 quilômetros de Campo Grande.

Ele conduzia um veículo Fiat uno e transportava dois animais silvestres da espécie tatu-peba (Euphractus sexcinctus) abatidos. O infrator afirmou aos policiais que ganhara os bichos, porém, negou-se a informar a pessoa doadora. No veículo também foi encontrada uma tarrafa, que se trata de petrecho proibido para a pesca. Os animais, a tarrafa e o veículo foram apreendidos.

O infrator, residente em Eldorado, foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Iguatemi e responderá por crime ambiental de transporte de produto da caça proibida.  A pena para o crime é de seis meses a um ano de detenção.

A PMA lavrou um auto de infração administrativo e aplicou multa de R$ 1 mil, contra o autuado

Jornal Midiamax